Bom dia fofos(as)! Já vamos começar o dia bem e assombrados(?).
Ai vai a nossa 1° historia de terror, só para distrair vocês, por que estou fazendo outro post! Beijos Darks!
(...)

 
3 garotos fizeram uma maldição uma grande maldição. Essa maldição terrível mata a pessoa sem ela nem reparar.
Lucas, João e Matheus, 3 garotos de 16 anos, eram meninos comuns, mas uma brincadeira levou ao desespero deles. Estavam na casa João. Acharam na internet uma macumba que dizia que poderia realizar qualquer desejo. Eles não acreditaram no inicio, mas estavam prestes a testemunhar o terror em pessoa. Matheus comprou várias velas negras. Lucas comprou decorações macabras para enfeitar o ritual e João preparou algo mais perverso. Então os 3 se reuniram novamente na casa de João e fizeram os preparativos. Lucas enfeitou a sala de velas e candelabros e João não havia chegado ainda. Quando chegou, os garotos viram que ele trazera cabelo, cabelo de mulher. Ajudaria no ritual.
Então começou, eles fizeram um círculo, falaram algumas palavras e depois Lucas se aproximou e colocou dentro de um pote unhas e dentes que havia conseguido de suas vítimas. Sim, ele havia matado suas duas primas para que conseguisse seu desejo. Matheus jogou no pote um par de olhos. Ele havia matado seus irmãos mais novos. Por último João com algo mais perverso. Aquilo tudo era para conseguirem seus desejos. Cada um tinha o seu e, para isso, eles precisavam de sacrifícios e João era o encarregado disso. Ele havia trazido sua mãe e sua irmãzinha de 6 anos Raquel. Havia dito que era uma festa de Halloween em sua casa, portanto a mãe e a irmã estavam para cumprimentar os amigos que sorriam maligamente. Então aconteceu. Lucas e Matheus seguraram a mãe e João a Raquel. Cortaram o pulso de Raquel e deixaram ela morrer lentamente e sua mãe fora decapitada. Depois colocaram o sangue da filha e a cabeça da mãe no pote. Disseram mais algumas palavras e as velas apagaram. Risos começaram a ser ouvidos. Uma voz rouca e velha dava parabéns e batia palmas perguntando qual era o desejo deles. Lucas pedira que todas as garotas do mundo corressem atrás dele. Matheus pedira riqueza e João pedira que ganhasse todo ano um presente caro e bom. Eram desejos não muito pensados, mas a voz desapareceu deixando eles em uma sala suja de sangue.
Meses se passaram. Todas as garotas da escola corriam atrás de Lucas que nem doidas. Matheus havia ganhado milhões na loteria e João todo ano ganhava do pai ,que achava que sua mulher e filha haviam sido sequestradas , presentes e mais presentes bons e tecnológicos como ele chamava. Mas algo estava errado, eles não se sentiam bem. Lucas não gostava de nenhuma das garotas que corriam atrás dele; Matheus não sabia o que comprar com tanto dinheiro e João já estava enjoado dos presentes. Mas não era o pior. Eles tinham pesadelos e sentiam estarem sendo seguidos de noite.
Chegou um dia então que Lucas estava caminhando, querendo estar mais bonito para suas pretendentes, pela rua. O sol já estava indo embora e estava ficando escuro. Um frio danado o arrepiava até que ele começou a ter medo da própria sombra. Achava que ela o perseguia por toda a parte. Ele corria e ela ia atrás. Parece estupidez, mas ele sentia como se a sombra não fosse dele. Era uma sombra gorda, gigante. Ele estava correndo para casa quando reparou que a sombra era mesmo fora do comum. Ele a ficou encarando até que sentiu um arrepio e saiu correndo. Foi no dia seguinte para a escola, mas algo estava errado. As garotas estavam o evitando e quando ele chegava perto de alguma elas o chutavam ou o xingavam. Ele estava acabado, não tinha nem mais amigas. E para piorar a garota que ele verdadeiramente gostava o havia dado um fora. Ele estava sozinho voltando para casa. A sombra voltou, parecia a gorda de sempre. Ele já estava a xingando em pensamento quando algo aconteceu. A sombra se dividiu em duas. Eram as sombras de suas duas primas gêmeas que haviam sido mortas por ele. Não deu nem 5 segundos e as sombras deram um risinho e puxaram o garoto para a parede. Encontraram ele sem dentes e unhas como havia deixado as primas e também com seus membros tortos.
No mesmo dia, Matheus estava indo a loteria para ganhar mais milhões, já que ele conseguia ganhar direto. Andava pela rua indo a pé na loteria perto de sua casa. O tempo estava um pouco nublado e o sol fraco, mas dava para perceber sua sombra. Ele chegara a loteria, mas não conseguira nada, estava desapontado, nunca depois do ritual havia perdido um só jogo. Voltava para casa chateado quando deu de cara com sua sombra em um poste. Estava tão chateado que ficou olhando para o poste pensativo. A sombra parecia o encarar então de repente ela se dividiu em 3. O garoto se assustou, mas ficou parado encarando as pequenas sombras. Pareciam com seus 3 irmãos mais novos. Aqueles que ele havia matado sem dó ou piedade arrancando seus olhos. As sombras não pareciam muito felizes e o garoto começou a se distanciar. Então uma das sombras segurou algo que parecia a sombra de dinheiro. Matheus reparou que era uma nota de 100 e começou a se aproximar. As sombras estavam sérias. Então a sombra jogou a nota de 100 na frente do poste. Matheus correu para a nota e a pegou. Quando levantou os 3 irmãos estavam em sua frente. Sem olhos, mas dava para ver que eles sentiam raiva. 1hora depois a polícia encontrou Matheus morto sem seus olhos e segurando uma nota de 100.
Em outro lugar João estava jogando vídeo game, seu 4º Nintendo wii só que vermelho. Jogava e jogava, mas se sentia cansado de tanto eletrônico, sua vista doía e ele estava cansado da vida boa que levava. Era de noite, o pai havia saído. Estava jogando vídeo game quando começou a passar muito mal. Seus olhos doíam. Ele estava direto em aparelhos eletrônicos. Só comia e jogava. Estava gordo e se sentia doente. Pior, sentia falta da mãe e da irmã. E foi então que aconteceu. Ele estava indo para cama. Desligou a TV, mas não apagou a luz. Quando voltou para sala reparou que existiam duas sombras projetadas na tela da TV. Uma grande e uma pequena. Não dava para perceber direito, mas uma das sombras estava sem um braço. Ele foi correndo dormir, mas acabou tendo um pesadelo. Sonhou que estava em um quarto escuro e não via nada além dos gritos de sua mãe e irmã. Acordou desesperado. Foi correndo para o banheiro lavar o rosto. Escutou então barulhos vindos da TV. Foi correndo e deu de cara novamente com as sombras. Escutou um rugido e enxergou tudo preto. Não conseguia ver nada. As sombras o puxavam para perto da TV e ele não enxergava nada. Pode-se ouvir berros de sua casa. Quando a polícia chegou o garoto estava sem olhos. De noite antes de ele ter ido a sala podia-se ver as duas sombras segurando um par de olhos.
Após esses 3 casos muitas sombras foram amaldiçoadas e demonizadas. Dizem que essas sombras comem as sombras normais das pessoas e as substituem, acabam com a vítima e depois escolhem a próxima.
(...)
 
Encontre mais Aqui.
Beijos

 


Deixe um comentário

Oi, obrigada por visitar o Blog! Gostou do Post?? Deixe seu comentário dando sua opinião e deixe o link do seu Blog, para eu ver depois! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...