Aquela menininha que você conhecia não teria dado conta… Ela não teria suportado tanta dor. Ela teve que crescer.”            

---Fani(Fazendo Meu Filme 3)


Saudade. E saudade, eu descobri, não tem nada de romântico, como os poetas costumam descrever. Saudade é ruim, dói, sufoca, faz com que nada tenha graça e que a gente fique pensando na pessoa que provocou o tempo todo.

--Fazendo Meu Filme 2






O que eu não sei se vou conseguir novamente é sentir isso. Essa sensação que a sua presença me desperta. Eu tentei, Fani. Eu tentei muito, na verdade. Eu conheci varias meninas. Mas nenhuma delas nem de longe fez essa bateria de escola de samba bater no meu peito só por estar ao seu lado.
Leo - Fazendo meu filme 4




É tão estranho como uma pessoa fica diferente aos nossos olhos quando o sentimento da gente muda... Eu já vi o Leo milhões de vezes, mas de repente ele ficou muito mais bonito! É certo que eu sempre o achei uma gracinha, o sorriso dele é um dos mais charmosos que eu já vi, mas de uma hora pra outra parece que ele ficou iluminado....
Fani - fazendo meu filme 1






Angústia

E se eu olho e não me olha,
Não sei vem se isso convém...
Descobrir se é bola, ou fora.
Se é pra ir ou não, além.

Essa falta de certeza,
Que a paixão, no inicio, tem.
Ora seduz, ora angustia,
...
Confunde medo com desdém.

A vontade atiça e machuca.
Sem ter-te. Perto. Ter sem.
E eu me declaro, só no pensamento...
Vê se fica esperto, meu bem.

Fani Castelino Belluz

( Fazendo meu filme - 1 )


“Cada batida do meu coração tem seu nome.”
— Fazendo meu Filme


“Eu sorri pra ele no meio das lágrimas, ele sorriu de volta, e eu percebi que ele estava certo. Aquilo era só o trailer. Agora era que o filme realmente iria iniciar.”
— Fazendo meu Filme





“Na minha cabeça só vinha um pensamento . A porta tinha sido fechada , trancando todos os meus sonhos . E quando eu abrisse de novo , não teria mais nada do lado de fora . Só o vazio .”
— Fazendo meu filme 1


“Aquela voz fez com que eu sentisse exatamente o que não queria. Saudade. E saudade, eu descobri, não tem nada de romântico, como os poetas costumam descrever. Saudade é ruim, dói, sufoca, faz com que nada tenha graça e que a gente fique pensando na pessoa que a provoca o tempo todo”
— Fazendo Meu Filme


“Eu já tinha visto cada cena do filme umas vinte vezes, mas aquela sempre me despedaçava. A parte em que a menina saía da casa dele, completamente desalentada, atravessando a rua sem rumo, sempre me destruía.”
— - Paula Pimenta (Fazendo Meu Filme)






“Eu sabia que era uma questão de tempo para que o meu humor voltasse ao normal; eu só precisava esquecer o passado. Mas parecia que o passado não estava muito disposto a me esquecer…”
— Leo. (Fazendo meu filme 4 : Fani em busca do final feliz)




“Independente de outras pessoas, eu acho que estou feliz. Não é uma felicidade daquelas que parece que vamos flutuar como um balão de gás. Mas uma alegria sólida, como se eu olhasse para a estrada e percebesse que o pior já ficou para trás. E o mais importante, é que essa felicidade dessa vez não tem um “nome”, estou feliz por mim, pela liberdade que estou sentindo pela primeira vez na vida, por saber que posso fazer o que eu quero, sem ter que dar satisfações para ninguém. Estou me sentindo até mais solta, menos tímida, como se não tivesse ninguém me olhando e eu pudesse ser eu mesma, pra variar…”
— Fazendo Meu Filme 4 - Fani em Busca do Final Feliz




Fani: Eu tinha aprendido como os filmes funcionavam. Para criar o roteiro, alguém no mundo teve que viver aquilo em primeiro lugar. O roteirista só cria a história, não o sentimento.
— Fazendo Meu Filme 4








Ana Elisa: Fani, eu já perdi alguém que eu amava mais do que a minha própria vida. Por isso, não fico me agarrando a bobagens. Eu sei que devo aproveitar o presente, pois o tempo passa muito rápido e não dá pra prevê nada.
— Fazendo Meu Filme 4




Fani: (…) agora eu tinha descoberto que, sem ele por perto, tudo que eu sentia era pura imitação de amor.
— Fazendo Meu Filme 4




Ana Elisa: Eu estou feliz por ele também gostar de mim! É só isso que importa. Quando duas pessoas se querem de verdade, elas dão um jeito de ficarem juntas. seja onde for. Isto é, se não perderem tempo com besteiras. Se não deixarem que ninguém interfira…
— Fazendo Meu Filme 4





-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Querida Fani,

 Nesse momento, você deve estar passando por cima da minha cabeça, nos ares. Eu devo esta olhando para cima e pensando "Lá vai o meu amor".

Vou te contar uma história, que um dia - se você virar (e eu tenho certeza de que você vai) uma roteirista de cinema bem famosa - você pode transformar em desses filmes de amorzinho de que você gosta tanto.

 -*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*


Era uma vez um Menino que era amigo de um monte de gente. Certo dia, apareceu na vida dele uma Menina, que não era amiga de quase ninguém, que gostava de dizer que qualidade era mais importante do que quantidade, mas que achou que aquele menino fosse digno doa tais poucos amigos que ela contava nos dedos da sua mão direita.
Os dois se tornaram inseparáveis, e o Menino percebeu que os momentos mais coloridos da vida dele eram passados ao lado dela. Ele começou a ter vontade de passar mais e mais tempo com aquela Menina e passou a fazer de tudo para que ela notasse isso ( gravou músicas, escreveu declarações de amor anônimas...), só que nada adiantou. Depois de reparar muito, ele descobriu que ela não percebia o amor dele porque não era com ele que a Menina queria ficar, mas sim com um outro cara, mais velho, que não tinha nada a ver com ela. O Menino ficou com muita raiva. Ele queria bater no naquele cara, mas não queria que a Menina descobrisse que ele sabia da paixão secreta dela.
O Menino percebeu que tinha que esperar que a Menina descobrisse por ela mesma que o tal cara não prestava. Só que, nessa espera, apareceu uma outra menina na vida do Menino e ele pensou que talvez ela pudesse fazer com que ele se esquecesse da Menina.
Quando a Menina finalmente entendeu que aquela paixão dela não valia a pena, o Menino pulou de alegria, apesar de ter ficado triste pelo fato de ela estar sofrendo. Acontece que, nessas alturas, ele já estava com a outra menina e, como ela era muito ciumenta, não deixava que ele chegasse muito perto para consolar a Menina, como ele gostaria.
Um belo dia (diz-se dia, mas na verdade era noite), aconteceu um baile. O Menino não queria ir, a Menina fez o Menino sentir como seria importante para ela se ele fosse... Então ele foi, mas chegando lá percebeu duas coisas.
A primeira ele já sabia: que a menina que estava não merecia que ele passasse nem mais um segundo ao lado dela. E a segunda coisa - que ele também já sabia, mas não tinha ideia de que era tanto - era que ele estava ( sempre tinha sido ) apaixonado por por aquela Menina, que era bem mais do que uma amiga aos olhos dele.
Ele acordou no dia seguinte àquela festa muito triste e chegou à conclusão de que deveria se afastar dela a todo custo, não só porque ser apenas amigos era muito ruim, mas porque, em pouco tempo, ela iria viajar para terras distantes, e já que ele teria que ficar sem ela mesmo, era melhor que se acostumasse logo com essa ideia.
Só que, quanto mais ele se distanciava, mas ela se aproximava. Ela não tinha ideia de como estava sendo difícil para ele tratá-la com tanta indiferença. Mas mesmo assim ele não sucumbiu e deu um jeito de ir para longe.
Mas o acaso não quis de jeito nenhum deixar que o Menino seguisse o plano dele. A Menina deu sinal de vida do lado de lá, e ele tremeu na base do lado de cá. Derreteu-se completamente, mas ainda assim tentou cumprir a resolução de só encontrá-la no último dia, para uma rápida despedida.
Só que ele não contava com uma surpresa. E que surpresa! A Menina criou para ele um presente, em formato de embrulho quadradinho. Quando ele abriu, saíram chocolates, estrelas, corações, balas... todas as coisas deliciosas que ele sempre quis dela, mas que já tinha perdido a esperança de receber. O presente dela encheu a vida dele de melodia.
Ele passou a noite em claro, primeiro ouvindo todas aquelas músicas, repetidas vezes, sem cansar, sorrindo para o teto, como se ele tivesse sido o premiado de um grande sorteio. E era assim que ele se sentia. Ganhar o amor daquela Menina era o melhor premio que ele poderia desejar.
Mas, de repente, o Menino entristeceu-se.
Não era justo que ele fosse egoísta ao ponto de querer viver aquela felicidade naquele momento, naquele exato instante em que a Menina estava indo conhecer outros mundos. Se ele já tinha esperado tanto tempo, poderia esperar um pouco mais... Um ano a mais.
Ele não queria que a Menina fosse viajar triste, imaginando o que estaria deixando para trás.
Ele queria só o bem dela. Ele queria que ela fosse tão feliz quanto o fazia.
Sendo assim, o Menino bolou um plano. Ele ia fazer de conta de que não sabia de nada, porque quando ela descobrisse a verdade - por uma carta que ele ia entregar - ela já estaria distante, e teria varias novidades que não deixariam que ela ficasse pensando nele.
O único porém é que ele não aguentaria vê-lá indo embora. Então ele resolveu se despedir antes. Para que a imagem dela na cabeça dele ficasse sempre aquela. Da Menina linda que entro na vida do Menino para encher tudo de cor.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*
Fanizinha, o resto da historia acho que você já imagina. Cheguei em casa ontem do Rio e fui direto ouvir o seu presente.

Eu te adoro, sempre adorei , mas não contava que esse CD fosse me contar que isso era recíproco. É recíproco? Ainda não consigo acreditar... Posso estar sendo bobo, enxergando o que eu quero ver, deixando a minha imaginação e tentando me convencer que isso tudo pode ser real.

Desculpe-me mais uma vez por não ir ao aeroporto. Eu não queria chorar na sua frente de tido mundo. Nem fazer você chorar.

Me faz um favor? Promete muuuito a sua viagem, faça com que ela compense o tempo que a gente vai ter que ficar separado. Curta tudo, seja feliz, para que você volte ainda mais linda do que já é.

Um ano passa muito rápido.

E eu vou estar aqui te esperando.

Te adoro. Lembre sempre disso.

Um milhão de beijos.

Leo

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*


Pense que eu chorei lendo essa carta no livro! E sem falar que o Leo é muuuuito fofo*-*! Beijos e até depois!



24 Comentários

  1. Laura Oliveira da Silveira3 de jul de 2013 16:15:00

    Li a série Fazendo Meu Filme toda e adorei as frases que vc colocou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a historia é d+!
      Tenho os livros e adoro!
      Beijos

      Excluir
  2. Gostei muito das frases que vc colocou . Já li esse livro fazendo o meu filme e eu acho a historia muito linda

    ResponderExcluir
  3. oi Alana!
    acabei de criar meu blog ( GATA BACANA)e queria saber como você fez para deixar seu blog assim
    obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volte quando quiser e deixe o seu URL que eu te falo, Pois não tem como eu ver!
      Beijocas

      Excluir
  4. Adorei viu? Ficou ótimo! Também amo essa série!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Otimo! Obrigada! E essa serie é totalmente incrivel!

      Excluir
  5. Ain que perfeiiiitos,quero ler Fazendo meu filme 4 ainda nao tenho,so li fazendo meu filme 2 e 3 tres,sei que ainda tem o 1,ainda tem minha vida fora de serie aos poucos vou comprandooo!!é perfeiito eu ameiii eu necessitoo do 4..

    ResponderExcluir
  6. Oi , posta a musica que o leo fez pra fani acho que foi no Livro 3 por favor obrigado ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, bom eu posso ate postar, mas vc tem o link?
      Se tiver me mande por comentário no post mais recente!
      Beijos

      Excluir
  7. Gosta de Fazendo o meu Filme ??
    Tenho a música que o Leo fez para Fani...no meu blog
    Www.frasesdapaulapimenta.blogspot.com
    Aproveita e nos siga !!

    Obrigadinha

    Leninha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Of Course!
      Que legal, tava doida atras da musica a um tempão!
      Beijocas

      Excluir
  8. Nossa! Toda adolescente deveria ler esse livro,incrível. Chorei muito,muito mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Eu me emocionei, chorei, morri, renasci e morri dnv mas renasci pra ver o final, e queria que tivesse o 5. ;-; #chorandorios E ótimas frases da história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha somos duas! Essa serie de livros é muito emocionante!
      Obrigada

      Excluir
  10. tão perfeito esse livro,eu sorri,chorei,imaginei tudo :)

    ResponderExcluir
  11. gente como faço pra participa desse site

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem a opção seguir aqui do lado nos widget --------------------->

      Excluir
  12. oii alana tem como vc me responder por favorzinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, me add no face e a gente conversa! Meu face é: Alana Mara Farias

      Excluir

Oi, obrigada por visitar o Blog! Gostou do Post?? Deixe seu comentário dando sua opinião e deixe o link do seu Blog, para eu ver depois! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...